Notícia


Gastos com COVID-19 deverão ser informados à população.

A partir do mês de junho a Prefeitura tem a obrigação de encaminhar para os vereadores e disponibilizar no site oficial do município informações sobre a aquisição de bens, serviços, insumos de saúde e materiais de divulgação, todas as compras realizadas e a contratação de serviços realizadas pelo Poder Executivo em função do enfrentamento do estado de emergência de saúde pública decorrente da pandemia de Covid-19 causada pelo coronavírus.
O texto da Lei 2730/2020 prevê ainda que sejam enviadas informações como o nome do fornecedor do bem ou o nome do prestador do serviço, o preço do referido bem ou serviço, bem como as fontes dos recursos utilizados. De acordo com a autora da proposição, vereadora Joice Quirino, “o objetivo da Lei é trazer mais transparência nos gastos com a Pandemia na cidade”.

“Passamos por um momento delicado para o município, sofreremos um impacto em todos os setores da economia e o cidadão tem o direito de saber onde está sendo aplicado o dinheiro arrecadado com seus impostos” destaca a vereadora. Bom Despacho já recebeu cerca de R$ 620 mil como crédito extraordinário do programa federativo para enfrentamento dos efeitos da pandemia. A previsão é de que seja repassado ao município pelo Governo Federal mais de R$ 5 milhões e 500 mil.