Notícia


             Deu entrada na Sessão Ordinária da Câmara Municipal o Projeto de Lei que “Institui o Programa Municipal Universidade para Todos” cujo objetivo é permitir que estudantes de famílias de baixa renda tenham acesso ao ensino superior.         

            Para que o dinheiro público seja bem usado, o PROMUT exige que o candidato tenha boas notas curriculares, alta frequência escolar, e que tenha estudado em escolas públicas. Ou, tendo estudado em escola particular, que tenha sido mediante bolsa integral.

            “A Câmara Municipal vai trabalhar para que este Projeto entre em vigor já no segundo semestre, para que os estudantes sejam beneficiados o mais rápido possível” destaca o Presidente da Câmara. O Programa de Bolsas foi um requerimento do Poder Legislativo, indicado e aprovado por unanimidade pelos parlamentares. O Projeto Lei foi encaminhado para análise e parecer das Comissões Permanentes e seguirá para votação em plenário.

O Programa prevê bolsas de até 100% e vai contemplar além de estudantes de baixa renda professores da rede municipal de ensino, que não tenha concluído curso superior e que deseje frequentar curso de licenciatura em área de interesse do ensino municipal, em especial Pedagogia, Normal Superior ou Administração Escolar.

Veja o Projeto na íntegra:

http://camarabd.mg.gov.br/portal/file/leis/c3c7bd297070b190dc75c4c5e6848af8.pdf