Notícia


Vereadores reprovam fechamento da ala para doenças respiratórias da Santa Casa.

A Câmara Municipal recebeu na última segunda-feira (11) o comunicado da administração da Santa Casa informando o fechamento da “Ala de síndromes respiratórias” destinada ao atendimento a pacientes com suspeita de coronavírus na cidade.
De acordo com a administração do Lactário e Puericultura Menino Jesus, “foi determinado o fechamento da Ala retomando ao atendimento em porta única e reduzindo os 19 leitos novos abertos como era anterior a Pandemia e informando que o custeio, como responsabilidade do município, será realizado somente até o dia 10 de maio de 2020”.
Em convocação de urgência os parlamentares reuniram-se a Secretária de Saúde juntamente com a Administração da Santa Casa na tentativa de impedir o fechamento do setor. “Não concordamos com essa medida, sabemos da ausência de casos confirmados, mas não podemos esperar a contaminação chegar para preparar nossa estrutura de atendimento ” destaca a Presidente da Câmara.
Os vereadores da Comissão de Saúde, Marcelão, Cessão Queiroz e Dr. Fernando Pediatra mostraram preocupação com um único local para atendimento de urgências e emergências. “É um risco muito alto que vamos correr, o pronto atendimento tem diariamente um alto fluxo de pacientes e poderá aumentar com a chegada do inverno” apontaram.
A Secretária de Saúde informou que o município está preparado para retomar os atendimentos caso necessário e que os números são monitorados diariamente. “É realmente preocupante, num momento em que se flexibiliza o comércio e cai a taxa de isolamento não podemos diminuir nossa capacidade de atendimento” fala Joice Quirino.
Estiveram presentes os vereadores Dr. Fernando Pediatra, Anderson do Gás, a vice-Presidente Cessão Queiroz, o Secretário Marcelão e a Presidente Joice Quirino os representantes do Conselho Municipal de Saúde, Pastor Jonas e Moacir Cândido, o Diretor Administrativo da Santa Casa, Henrique Andrade, o Chefe de Gabinete do Prefeito Renato Gomides e a Secretária de Saúde Neide Braga.